Daniela Arbex vem para o Bapijor, com 17 prêmios em 17 anos de carreira

05/04/2012 11:20

Repórter especial do jornal Tribuna de Minas (MG) e com larga experiência como jornalista investigativa nas áreas de corrupção e direitos humanos, Daniela Arbex (@Darbex) participa da terceira mesa de discussão do Bapijor - “Métodos de pesquisa e investigação”, na quarta-feira (18), a partir das 9h30.

 

Em 2009, Daniela recebeu o prêmio de melhor reportagem investigativa da América Latina, por uma denúncia de corrupção na Câmara de Juiz de Fora (MG). Segundo a jornalista, em entrevista ao blog “Jornalismo das Américas” (http://knightcenter.utexas.edu/pt-br/blog) o que mais chamou a atenção dos jurados do evento foram as estratégias de investigação utilizadas por ela, que sem contar com grandes recursos conseguiu ser um resultado muito eficiente e impactante.

 

Um ano depois, em 2010, ela conquistou o prêmio Knight International Journalism Award, um dos mais prestigiados da área. Sete reportagens da jornalista foram destacas pela comissão julgadora, tratando de temas diversos como a falta de acesso ao tratamento preventivo da Aids para mulheres vítimas de estupro, maus-tratos a pacientes em um hospital psiquiátrico e a descoberta do corpo de um desaparecido durante a ditadura militar.

 

Além destes, a jornalista já conquistou outros 15 prêmios nacionais e internacionais, todos relativos ao seu trabalho como repórter no jornal Tribuna de Minas, onde atua há 17 anos.

 

O Bapijor é uma promoção do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (POSJOR) e Observatório da Ética Jornalística (objETHOS), com patrocínio da Fapesc e PRAE/UFSC, e apoio da Abraji, Sindicato dos Jornalistas de Santa Catrarina (SJSC), Fapeu e Departamento de Jornalismo da UFSC.


Mais informações em http://www.bapijor.ufsc.br

 

Voltar